Bolo de maçã e cevada solúvel (sem batedeira)

Bolo de maçã e cevada solúvel (sem batedeira)

22 outubro 2015 – Blog O Meu Tempero

Às vezes sinto que estou a virar uma verdadeira mulher das cavernas… É que por muito que eu queira adaptar-me às tecnologias que nos facilitam e ajudam na cozinha, mais sinto que não preciso delas. Nunca fui muito chegada aos bens materiais, sempre fui mais ligada às emoções com as pessoas, aos sítios que fui e que quero voltar a ir, ou a outros que anseio conhecer, e a todas as experiências e vivências que marcam verdadeiramente a vida, a minha vida. Isto para vos dizer que desde que a minha batedeira avariou, não senti ainda qualquer necessidade de a substituir, pois descobri que consigo bater natas em chantilly, claras em castelo ou fazer bolos sem ela. Este bolo foi a prova disso. Em poucos minutos estavam os ingredientes misturados e a massa pronta na forma para levar ao forno, e sem grande esforço manual.
Ingredientes:
– 70g de manteiga ligeiramente amolecida
– 100g de açúcar refinado
– 3 ovos tamanho M à temperatura ambiente
– 3 + 2 maçãs médias (usei Starking)
– 200g de farinha de trigo (usei T55)
– 1 colher de chá de fermento Royal
– 2 colheres de sopa de cevada solúvel
– 2 colheres de sopa (bem cheias) de açúcar mascavado
Preparação:
Numa taça bater a manteiga e o açúcar com a vara de arames, até ficar um creme esbranquiçado. Adicionar os ovos um a um e ir batendo. 
Descascar 3 maçãs, ralar e misturar bem com o preparado anterior.
Misturar a farinha, o fermento e a cevada e peneirar para a taça do preparado anterior. Envolver bem com a espátula, mas sem bater.
Forrar uma forma “tipo inglês” com papel vegetal de forma que fique toda coberta com o papel. Verter a massa e alisar a superfície com a espátula. 
Descascar as 2 restantes maçãs, cortar em quartos e depois às fatias. Dispor as maçãs alinhadas por cima da massa e polvilhar com o açúcar mascavado. 
Levar ao forno pré-aquecido a 180º, aproximadamente 35 a 40 minutos. Nos últimos minutos ligar só a parte de cima do forno para caramelizar bem o açúcar com as maçãs. Deixar arrefecer um pouco e desenformar numa rede para arrefecer por completo. Bom apetite!


← Voltar
Sem comentários

Comente