GASTRONOMIA: Desconstrução da “Maçã do Amor” disputa prêmio

GASTRONOMIA: Desconstrução da “Maçã do Amor” disputa prêmio

Vanessa Barbeiro, especial para
o JC 

A estudante do curso de gastronomia da Universidade Sagrado Coração (USC)
Larissa Caroline Dos Santos, 19 anos, participa hoje da semifinal do concurso
nacional de gastronomia Brazilian Food Experience (BFE). Larissa é a única
concorrente do Estado de São Paulo que irá disputar com mais sete candidatos a
vaga para a fase final, prevista para setembro em uma das maiores feiras de
alimentos do mundo: a Americas Food & Beverage, em Miami (USA), onde os dois
estudantes ganhadores apresentarão suas criações.

O prato que Larissa inventou foi inspirado numa receita tradicional e típica
dessa época do ano: a maçã do amor. “Eu queria me aproximar da data com uma
receita que simbolizasse o romantismo, e a maçã do amor é um símbolo de tudo
disso”. Larissa elaborou o prato com criatividade e simplicidade, dando nome de
“Maçã do Amor Desconstruída”.
Ela foi orientada a se inscrever pela professora Denise Amantini, que também
ajudou Larissa nas ideias dos sabores. “Fizemos alguns testes em casa e eu acho
que ela tem grandes chances de ganhar. Mesmo que não leve o prêmio, já é uma
grande vencedora”, diz a professora.
Segundo ela, Larissa sempre se destacou e já ganhou uma mostra gastronômica
em um concurso realizado pela USC entre os alunos em maio. “Ela tem muito futuro
pela frente, principalmente na confeitaria.”
A receita da estudante se caracterizou devido ao prato ser feito em partes.
Ele tem como base um pedaço de maçã vermelha com calda caramelizada. Em seguida
vem uma maçã verde cortada ao meio, sem a polpa, e dentro dela vai um molho de
doce de goiabada cascão. Para acompanhamento, creme inglês.
O toque final é uma pasta feita com a pimenta dedo de moça, com o objetivo de
abrir as papilas gustativas para saborear melhor os ingredientes. O prato é
finalizado com uma folhinha de hortelã com chocolate meio amargo.

Fonte: http://www.jcnet.com.br/Geral/2012/06/desconstrucao-da-maca-do-amor-disputa-premio.html



← Voltar
Sem comentários

Comente