Maçã fortalece sistema imunológico e diminui colesterol; veja benefícios

Maçã fortalece sistema imunológico e diminui colesterol; veja benefícios

Os alimentos que aumentam a imunidade são principalmente as frutas e os vegetais, mas se tem um que você deveria incluir na dieta diária é a maçã.

Além de fortalecer a defesa do corpo, ajudar na perda de peso e controlar o nível de colesterol, ela é essencial para prevenir doenças.

Mulher comendo maçã

Mulher comendo maçã

 

‘Uma maçã por dia mantém o médico longe‘

‘An apple a day keeps the doctor away’. Este ditado que diz ‘uma maçã por dia mantém o médico longe‘ é uma adaptação engraçadinha do provérbio muito usado no País de Gales, originado em 1866. A citação original, na verdade, diz ‘coma uma maçã ao ir para a cama e você evitará que o médico ganhe o pão’.

O fato é que não é de hoje que a maçã é considerada uma grande aliada da nossa imunidade. Mas você já se perguntou por quê?

Estudos mostram que comer mais maçãs pode estar associado a um risco menor de várias condições crônicas, incluindo doenças cardíacas. Publicado na National Library of Medicine, a pesquisa feita com mais de 20.000 adultos descobriu que o consumo de grandes quantidades de frutas e vegetais de polpa branca, incluindo maçãs, estava relacionado a um risco menor de derrame.

Incluir a maçã na dieta traz muitos benefícios à saúde

Incluir a maçã na dieta traz muitos benefícios à saúde

Isso pode ser devido à presença de flavonóides encontrados nas maçãs, que são compostos que reduzem a inflamação e protegem a saúde do coração. Além disso, tanto a polpa quanto a casca são ricas em vitaminas C, sais minerais como cálcio, fósforo e potássio, além de fibras e um poderoso antioxidante, a quercetina.

Saúde neurológica e demência

Um estudo de laboratório de 2019 concluiu que a quercetina tem um efeito neuroprotetor, possivelmente porque impede a criação de espécies reativas. Parece ajudar os neurônios a sobreviver e continuar a funcionar. Portanto, pode auxiliar na prevenção da prevenir a perda de neurônios relacionada à idade.

Em 2015, os resultados de um estudo com camundongos sugeriram que a suplementação de quercetina em altas doses pode ajudar a proteger as células do tipo de dano que pode levar à doença de Alzheimer.

Saúde do coração

Um estudo de 2000 observou como o consumo de maçãs durante 28 anos diminuiu o risco de derrame em mais de 9 mil pessoas. Os autores descobriram que aqueles que comeram mais maçãs tiveram um risco menor de acidente vascular cerebral trombótico.

Uma revisão de 2017 mostrou, por exemplo, que as pessoas que consomem mais fibras no geral parecem ter um risco menor de doenças cardiovasculares, doenças coronárias e derrames. Uma maçã de tamanho médio com cerca de 3 polegadas de diâmetro e pesando 182 gramas tem 4,37 g de fibra. Isso é cerca de 13 a 20% das necessidades diárias de um adulto.

A vitamina C é um antioxidante que ajuda a desempenhar um papel na proteção de alguns aspectos da saúde do coração. A vitamina C também pode estimular o sistema imunológico e ajudar a defender o corpo de infecções e doenças. Já o potássio ajuda a relaxar os vasos sanguíneos, reduzindo o risco de hipertensão e complicações cardiovasculares.

Colesterol

Um estudo de 2013 aponta que comer maçãs cruas reduziu os níveis de colesterol de lipoproteína de baixa densidade entre pessoas saudáveis, mas que beber suco de maçã transparente não teve o mesmo impacto. Os autores concluem, portanto, que é a fibra da maçã que ajuda a reduzir o colesterol.

Fonte: https://www.hypeness.com.br/2021/03/maca-fortalece-sistema-imunologico-e-diminui-colesterol-veja-beneficios/



← Voltar
Sem comentários

Comente