NOVAREJO: Saborosa, segura e cheia de saúde

NOVAREJO: Saborosa, segura e cheia de saúde

Matéria publicada em 30/08 pela Revista Online NOVAREJO sobre a Maçã Brasileira:

Dos pomares à gôndola, a maçã brasileira é totalmente rastreada para garantir a qualidade, o sabor e a segurança desta que é a terceira fruta mais consumida no País

O Brasil produziu mais de 1 milhão de toneladas de maçã este ano. Um volume que reflete o sucesso do cultivo da fruta no País, iniciado de forma profissional num País tropical há apenas 50 anos. Hoje, as variedades Gala e Fuji, produzidas quase que totalmente na região Sul do Brasil, têm sua qualidade reconhecida tanto pelos consumidores locais quanto por consumidores estrangeiros, particularmente da Ásia e Europa, destino de boa parte do que é exportado.

Características como crocância, suculência e equilíbrio na relação açúcar-acidez colocam a fruta nacional entre as melhores do mundo. “Temos um clima temperado com influência subtropical no Sul do Brasil. Isso dá uma característica única para a nossa maçã”, diz Pierre Nicolas Pérès, presidente da Associação Brasileira de Produtores de Maçã (ABPM). A maçã é atualmente a terceira fruta mais consumida no País, abastecido quase totalmente pela produção nacional.

Recentemente, entrou em vigor no Brasil a lei que impõe a rastreabilidade ao longo da cadeia produtiva de produtos vegetais frescos destinados à alimentação humana (ver box), técnica há muitos anos já consolidada na produção de maçã brasileiras. O setor da maçã foi o pioneiro no Brasil na adoção dos princípios da Produção Integrada de Frutas. Desde meados da década de 1990, os associados da ABPM estão familiarizados com esse sistema produtivo, em que um dos aspectos básicos é a rastreabilidade.

Por meio dela, é possível rastrear todo o histórico relacionado ao processo produtivo das maçãs fornecidas ao mercado consumidor. Disponibilizam-se informações como produtor, município, pomar e quadra onde a fruta foi colhida, o maquinário envolvido, o engenheiro agrônomo responsável, os tratos culturais e diversas outras informações importantes, acessíveis pelo sistema que cria um mapa de rastreabilidade. “É possível até mesmo saber onde estava o engenheiro no momento em que incluiu a informação no sistema”, detalha Pierre. “Buscamos desde sempre o que tem de melhor no mundo para ser aplicado na nossa produção”, diz o executivo.

Pierre destaca a importância de o engenheiro agrônomo acompanhar o processo de perto. “Controlamos o processo de ponta a ponta. Nada é feito à toa, tudo o que a ciência agronômica pode nos dar usamos para obter mais produtividade, qualidade e segurança total em nossos processos”, explica Pierre.

Para aperfeiçoar esta questão, a parceria da ABPM com instituições de pesquisa, entre elas EMBRAPA, EPAGRI e universidades, é fundamental.

Cuidado de ponta a ponta

Todo produto perecível em exposição corre riscos físicos, químicos ou bacteriológicos, sendo este último o mais perigoso. A fruta disposta diretamente nas bancadas do mercado fica mais sujeita também a danos físicos, por isso a importância de se preservar a embalagem que vem do produtor. “Fazemos um trabalho muito importante na produção e no controle das frutas com foco em higiene e segurança. É fundamental que esse cuidado seja estendido tanto na exposição como nas cestas ou sacolas”.

Sabor e saúde

A maçã é uma das frutas mais versáteis que existem. Além de poder ser consumida diretamente como fruta, ainda rende sucos, pratos salgados, chás e sobremesas.

Agrada ao paladar e traz benefícios diversos à saúde, entre eles prevenção de alergias, moderação de apetite, bom funcionamento das cordas vocais, combate à formação de cálculos renais e ainda ajuda no processo digestivo.

A ABPM

A ABPM foi fundada há 40 anos e até hoje dedica-se a representar o produtor e atuar em prol do desenvolvimento do segmento da maçã no Brasil.

Fonte: https://portalnovarejo.com.br/2018/08/maca-saborosa-segura-saude/



← Voltar
Sem comentários