“Com casca e tudo”: conheça as vantagens de consumir a maçã brasileira com casca

“Com casca e tudo”: conheça as vantagens de consumir a maçã brasileira com casca

Muitas frutas e vegetais guardam seus mais importantes nutrientes na casca, que por vezes é automaticamente retirada para o consumo, como é o caso das batatas, por exemplo. A maçã, por ser uma fruta bastante completa em termos nutricionais, oferece diversos benefícios à saúde. No entanto, ao ser consumida sem a casca, podem-se deixar de lado importantes nutrientes e antioxidantes.

Veja abaixo os principais compostos presentes na casca da fruta e seus efeitos no organismo:

Ácido ursólico: fortalecimento muscular e controle do colesterol

A casca da maçã tem como um de seus principais agentes o ácido ursólico. Trata-se de um composto natural presente em folhas, flores e frutos, entre eles a casca da maçã. Em um recente estudo, publicado no ano passado (2017), descobriu-se que esse ácido possui efeitos anti-inflamatórios e antioxidantes, além de favorecer o desenvolvimento dos músculos. Outras descobertas mostram também que esse composto reduz a atrofia muscular e a gordura corporal.

Pectina: favorecimento da flora intestinal e redução do colesterol

A pectina é um tipo de fibra solúvel presente em diversas frutas e vegetais. Na maçã, esse composto é encontrado principalmente na casca. Essa substância favorece o trânsito intestinal e a absorção de água, favorecendo o processo digestivo. Além disso, ajuda a reduzir os níveis de LDL (o colesterol ruim) da corrente sanguínea, por diminuir a absorção do colesterol da alimentação. A pectina também é responsável por aumentar a sensação de saciedade.

Fenóis, polifenóis e flavonoides: ação antioxidante e poder anticâncer

Os antioxidantes presentes na casca da maçã, como a quercetina e as procianidinas, têm a tarefa de proteger o próprio fruto da ação do tempo e de ataques de insetos, fungos e bactérias. Além disso, esses compostos também são benéficos para a nossa saúde. As procianidinas, por exemplo, inibem o crescimento de células cancerígenas, evitando tumores de mama, fígado e cólon. A quercetina, por sua vez, ajuda no combate à hipertensão arterial ou a crises de pressão alta, pois tem a capacidade de favorecer a circulação sanguínea e evitar a contração de vasos sanguíneos.

As vantagens são muitas, assim como as possibilidades de preparo para o consumo. Uma dica para a época de frio é preparar um chá com a casca da maçã. Essa receita é indicada para diminuir o inchaço e o desconforto da retenção de líquidos. Clique aqui para saber como preparar!



← Voltar
Sem comentários