Setor de maçãs preocupado

Setor de maçãs preocupado

Publicado em 08/12/2015 às 19h42min por Darci Debona para o Diário Catarinense
Lideranças do setor de maçãs, acompanhados do secretário adjunto de Agricultura, Airton Spies, tiveram uma audiência na tarde desta terça-feira com ministra da Agricultura, Kátia Abreu. 
Eles saíram decepcionados da reunião, pois a ministra não se comprometeu a barrar a importação de maçãs da China. O motivo é o comércio bilateral, pois, se a china compra produtos do Brasil, como soja e carnes, quer exportar tripas, pescados, maçã e pera.
Há temor dos fruticultores, pois a medida representa risco sanitário aos pomares catarinenses. Eles também não conseguiram os recursos do seguro para 4,5 mil produtores, pois não há orçamento. O pagamento deve ficar para 2016. Nos três estados do Sul são R$ 55 milhões para produtores de maçã, uva e frutas de caroço. 
No entanto, a Ministra se comprometeu a fortalecer os mecanismos de fiscalização sanitária de maçãs tanto da Argentina, quando analisar os riscos do produto chinês.


← Voltar
Sem comentários

Comente


[elfsight_social_share_buttons id="1"]