Loreci Heinsohn: a Maçã Curou meu Intestino

Loreci Heinsohn: a Maçã Curou meu Intestino

A maçã é Minha Companheira Há Dez Anos

“Amigo essa fruta me ajuda muito na minha vida e na minha saúde. Eu fazia tratamento para meu intestino, mas nada fazia efeito. Um mundo de remédios e sempre a mesma coisa, um dia fui ao um clínico e falei “estou triste com esses remédios” ele falou “vou ensinar algo natural e você ficará boa. Coma uma maçã antes das principais refeições e nunca mais vai precisar se medicar para o intestino”. Hoje fazem dez anos que a maçã é minha companheira. Sofria de intestino preguiçoso, não funcionava porque eu fico muitas horas sentada, sou costureira de calçados desde 16 anos”

O Clube da Maçã Brasileira Esclarece:

As maçãs estão cheias de um nutriente que a maioria das pessoas não consomem – as fibras. Com 5 gramas por fruta em média, uma única maçã atinge 20% de sua meta diária de 25 gramas. As fibras não apenas suavizam a digestão e previnem a constipação, como também promovem um microbioma mais saudável (também conhecido como as bactérias benéficas em seu intestino). Grande parte da fibra da maçã vem da pectina, que produz um ácido chamado butirato. Este ácido é especialmente conhecido por alimentar a flora intestinal benéfica. (Leia mais)

Nossos corpos tecnicamente não podem digerir fibras, de modo que estas facilmente passam através de nossos intestinos e mantém os movimentos intestinais regulares. Mas a fibra que é encontrada em frutas, vegetais e grãos integrais faz muito mais do que manter a saúde digestiva,  pode contribuir para uma boa saúde à medida que envelhecemos, de acordo com um novo Estudo. (Leia mais)

Consumir bastante fibra é um método simples que alivia a constipação. As maçãs são ideais para evitar esse problema devido ao seu alto teor de fibras. É importante consumir a fruta com a casca, pois é nela que contém a maior quantidade. As maçãs possuem pectina, um tipo de fibra que age como prebiótico e ajuda o intestino a funcionar melhor. (Leia mais)



← Voltar
Sem comentários

Comente